Modinha das viagens (chanson écrite par des mineurs du Centre Educatif)

Regina Guimarães no Centro Educativo Santo António com BOCAS, CIGANO, JP, MOSQUITO, NANDEX, PILADAS, TONECAS, TONY

MODINHA DAS VIAGENS

Ó tempo, dá-me boleia
até ao sol de Sevilha
passando pelas planuras
e as noites de lua cheia.

Ó águas do oceano
levai-me num barco à vela
às pampas da Argentina
onde se vive sem trela

Ó vento que vens do frio
quero mudar de país
nas bandas da Noruega
talvez eu seja feliz

Ó feitiços da Guiné
e do calor tropical
transportai-me numa vaga
até à terra natal

Ó ideia de uma Europa
aberta às grandes mudanças
o meu destino é migrar
por Franças e Araganças

Ó Britânia tão fechada
abre o teu velho portão
deixa que eu faça de ti
minha pátria de adopção

Ó Portugal pequenino
meu pedido é mais modesto
dá-me tão-só uma chance
de mostrar que também presto

Se a vida já castigou
meu anos de mocidade
que melhor do que eu conhece
os males desta sociedade?

Viajar é curtição
mas viaja quem escutar
todas as mágoas alheias
com ouvidos de ajudar

Psicólogo-viajante
eis ofício inovador
tratar da dor passeando
para dar férias à dor

Partagez l'article :